Taylor Swift muda de gravadora e impõe cláusula pioneira no contrato

Taylor Swift anunciou nesta segunda-feira (19) que irá mudar de gravadora. Ela cumpriu contrato com a Big Machine Records e agora fará parte da Republic Records e Universal Music Group.




O anúncio foi feito no Instagram da cantora. Ela contou também que impôs cláusula pioneira no contrato: os lucros que a gravadora tiver em ações no serviço de streaming Spotify serão redistribuídos diretamente para os artistas. “Este é um objetivo que eu nunca vou parar de tentar atingir, da forma que eu puder. Estou tão feliz de ter Sir Lucian Grainge [CEO da Universal Music Group] como um parceiro nesta luta”, escreveu ela no comunicado.

Outra condição dada por Taylor foi que suas novas músicas são serão propriedades da gravadora, e sim suas. A cantora agradeceu ao dono da Big Machine Records por ter acreditado nela aos 14 anos de idade e guiá-la “por mais de uma década de trabalho”, da qual ela sente muito orgulho.

“Meu maior objetivo daqui para frente é fazer com que vocês fiquem orgulhosos. Estou tão animada. Mal posso esperar para mostrar a vocês no que estou trabalhando”, finalizou.

A Republic Records também é selo de Ariana Grande, Lorde, The Weenkd, Drake e Nicki Minaj. Nesta tarde, o termo “Republic Records” chegou a aparecer entre os mais comentados do Twitter.

View this post on Instagram

My new home 🎶

A post shared by Taylor Swift (@taylorswift) on




Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *