Música

Kings of Leon lança o álbum Can We Please Have Fun

A banda de rock multiplatinada e vencedora do GRAMMY Kings of Leon apresenta seu nono álbum de estúdio completo, “Can We Please Have Fun”, lançado via Capitol Records hoje. Como o título sugere, o álbum, lançado via Capitol Records, mostra a banda se soltando, experimentando coisas novas e, sim, se divertindo um pouco.

A banda também lançou um videoclipe da nova faixa “Nowhere to Run”. Filmado sob direção criativa da própria banda, mostra os Kings of Leon dançando e correndo soltos. O grupo assumiu o controle de todos os elementos criativos neste registro, do início ao fim, gerenciando cada detalhe desde a música até a direção de arte e (como evidenciado no vídeo) os visuais não convencionais para cada música. Todos foram filmados inteiramente por eles mesmos ao longo de dois dias em Nashville.

O single principal anteriormente lançado, “Mustang”, continua a subir nas paradas de rádio semana após semana. A música atualmente está no Top 10 das rádios alternativas americanas e no Top 5 entre as rádios Triple A. Assiduo nas paradas de rádio, o Kings of Leon tem em “Mustang” seu nono single emplacado no Top 10 da parada de rádio alternativas dos EUA.

É o tipo de música que a banda diz que sempre quis fazer: “Este disco pareceu especial desde o início. Desde a primeira reunião (com Kid Harpoon), não poderíamos estar mais na mesma página”, conta Nathan. “Foi o disco mais divertido do qual já participei”, diz Caleb. “É como se nos permitíssemos ser musicalmente vulneráveis”, acrescenta Nathan. “Eu adoro quando uma banda de rock não tem vergonha de admitir que nem todas as músicas precisam estar no máximo.”

Gravado no estúdio Dark Horse, em Nashville, e produzido com o novo colaborador Kid Harpoon (Harry Styles, Florence + the Machine), o álbum apresenta um novo lado do Kings of Leon que remete às suas origens ásperas, mas encontra novos caminhos. Sonoramente, dá para ouvi-los unificados em visão e propósito.

“Quando você tem uma banda, há um vínculo como nenhum outro, e quando você tem família, há um vínculo como nenhum outro”, diz Caleb. “Nós temos essas duas coisas. Eu pensei: ‘Se dedicarmos toda a nossa energia a algo, quem vai nos parar? Quem pode nos parar além de nós mesmos?’”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *