Shailene Woodley não participará do último filme Divergente




Shailene Woodley não vai fazer parte do último filme da saga Divergente. Pois é, o quarto e último filme não vai ter a sua protagonista! Vale lembrar que A Série Divergente: Ascendente será um filme para TV.

O objetivo era dividir o último livro da trilogia em duas partes. O grande problema é que A Série Divergente: Convergente foi muito mal de bilheteria e o filme sucessor, A Série Divergente: Ascendente acabou virando filme para a TV. Ele estava previsto para estrear dia 8 de junho de 2018 e agora será lançado apenas para TV, sem previsão de estreia até agora.

Tá dando para sentir o cheiro do flop de longe, não é? E Shailene não quer mais se envolver com isso. Como julgar? Em entrevista para o Screen Rant, ela disse que “a última coisa que ouviu” foi que eles queria fazer uma série e um filme para a televisão. “Eu não assinei contrato para fazer TV”, explicou. “Respeito a decisão dos produtores e sei que eles mudaram de ideia, mas não estou interessada em fazer TV”.

Parece que estamos chegando ao fim da era de adaptações de livros para o público jovem adulto, não é? Pelo menos por enquanto. Essa “moda” começou com Harry Potter, seguiu firme na Saga Crepúsculo e chegou ao ápice (e fim) com a franquia Jogos Vorazes, sucesso de público e crítica.

Divergente não teve tanto sucesso assim. O seu terceiro filme foi um fracasso total e recebeu quase que apenas críticas negativas. Por causa disso, a Lionsgate cortou o orçamento do último filme e teve a solução de fazer o filme para a TV. Para a surpresa e decepção do elenco.

A Série Divergente: Convergente arrecadou US$ 179 milhões em todo o mundo. Ou seja, prejuízo! O filme custou US$ 110 milhões para ser produzido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.