Crítica

[Crítica] Como Eu Era Antes de Você (2016)

Como Eu Era Antes de Você, adaptação do best-seller de Jojo Moyes (e com roteiro da própria escritora) é um romance acima da média, que consegue mudar de momentos adoráveis ou cômicos para momentos de partir o coração com equilíbrio e ainda toca no polêmico assunto da eutanásia. Não é perfeito, tem vários clichês do gênero, mas consegue cativar, entreter e emocionar.



Louisa Clark (Emilia Clarke) é uma jovem ingênua, feliz e sem muitas ambições que vai cuidar do milionário tetraplégico Will Traynor (Sam Claflin). Antes do acidente que o deixou tetraplégico, Will era aventureiro. Agora, está paralisado do pescoço para baixo.

Sem poder viver aquela sua vida de antes, agora ele é uma pessoa irritada, rude, deprimida e que já está decidido pelo suicídio assistido na Suíça.

Lou aceita trabalhar cuidando de Will porque está precisando muito do dinheiro, mas não demora para que ela comece a estar ali genuinamente para ajudá-lo. Claro que, convenientemente, o “trabalho pesado” (necessidades fisiológicas e tal) não é feito por ela, e sim por seu fisioterapeuta (Stephen Peacocke).

critica-como-eu-era-antes-de-voce-2

Como uma boa comédia romântica, chega um momento em que o opostos Lou e Will se atraem e ensinam um ao outro como viver melhor. Mas além da comédia romântica, o filme também tem um foco além do amor, mostrando Will em seu dia a dia com a cadeira de rodas.

O romantismo do filme vive nos menores detalhes, como quando Lou barbeia Will, beijos em que os lábios quase não se tocam ou quando um vê o outro dormir. Como Eu Era Antes de Você mergulha sem medo no romantismo e sentimentalismo. Mesmo com clichês aqui e ali e com consciência de que não é um grande filme, do tipo que vai ganhar prêmios, ele é extremamente agradável de assistir e consegue manter a aura romântica, perfeito para os amantes do gênero.

critica-como-eu-era-antes-de-voce-3

O filme também tem participação de Matthew Lewis, que interpreta o namorado de Louisa e faz um ótimo narcisista obcecado com vida saudável e exercícios, rendendo cenas muito engraçadas. Mas o grande destaque é Emilia Clarke. Seu retrato de Lou é simplesmente adorável e ela enriquece o filme em cada cena, seja em cenas cômicas com o seu jeito peculiar ou nas mais dramáticas de partir o coração. O filme é dela, ela sempre rouba a cena.

Como Eu Era Antes de Você acerta ao causar risos, suspiros e lágrimas e é uma boa opção para quem está querendo assistir a um drama romântico bem triste. Tem um final corajoso e ainda assim acaba com uma mensagem bonita e encorajadora sobre viver a vida intensamente.

Nota: 4/5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *