[Crítica] Scream Queens: 1×07 – Beware of Young Girls

O grande destaque do episódio vai para a volta (temporária) de Chanel #2 (Ariana Grande). Quem diria que ela voltaria? Apesar da participação especial inesperada, o episódio acabou sendo um pouco pior do que o da semana passada.

Esse foi o primeiro episódio em que não vimos o Red Devil, mas ainda assim ganhamos algumas informações valiosas. Por exemplo, se você ainda tinha dúvida, Gigi (Nasim Pedrad) é 100% uma vilã, sua motivação é vingança e ela está trabalhando com mais de uma pessoa. Ao lado de Gigi e Boone (Nick Jonas), a lista de suspeitos e possíveis candidatos a Red Devil é imensa.
Quando vi a promo desse episódio que mostrava que Chanel #2 apareceria, imaginei que ela podia ser algo como o Boone e não estar morta de verdade, apesar de seu corpo ter aparecido na casa assombrada. Mas nada disso, ela é apenas um fantasma que aparece no sonho de Chanel (Emma Roberts) para ajudá-la e aconselhá-la. Apesar de participação curta, Ariana mostrou ótimo timing cômico e foi uma ótima surpresa. Saudades, Chanel #2!
O início do episódio, na verdade, traz seu funeral. E o funeral de Chanel #2 trouxe alguns dos bons momentos do episódio, com os discursos dos presentes, como Chanel e Chad (Glen Powell).

Uma cena importante foi com Gigi, que está conversando no telefone com um dos assassinos, dando instruções e reclamações. Até que Wes chega em casa e ela rapidamente finaliza a ligação.
No episódio nós também somos apresentados a um pouco da vida pessoal de Dean Munsch (Jamie Lee Curtis). Somos apresentados a Feather McCarthy (Tavi Gevinson), que roubou o marido de Dean Munsch. Vale citar, sua personagem faz referência clara à Mia Farrow.

Depois descobrimos que o marido foi assassinado e Feather foi vista como a responsável pelo crime. No final do episódio, ficamos sabendo que na verdade Dean Munsch o matou, aproveitando que o Red Devil está matando diversas pessoas, então uma morte a mais apenas entraria para a lista de mortes do assassino.
Mesmo assim Dean Munsch acabou sendo levada para um hospício dentro de uma camisa de força. Ela leva o local quase como um spa, vestindo pijamas o dia inteiro, fazendo terapia, comendo doces e com todo o tempo do mundo para focar em sua primeira paixão: design de moda. Ela convida Grace (Skyler Samuels) e Pete (Diego Boneta) para visitá-la.
Lá na KKT, as Chanels decidiram que Chanel (Emma Roberts) é a assassina e resolvem matá-la. A “decisão” veio após o quadro em que elas tentavam se comunicar com Chanel #2 afirmar que Chanel é a assassina. Então as três Chanels passam a pensar em formas de matar a presidente da casa.
Mas Chanel #2 conta sobre o plano durante um de seus sonhos. As Chanels também têm cenas tentando se comunicar com o fantasma da Chanel #2, aparentemente com sucesso.

Episódio sem muita empolgação, talvez por ter focado muito na história de Dean Munsch (dava para fazer isso balanceando com as demais histórias corriqueiras) e na saga super sem graça de Grace e Pete. “Beware of Young Girls” pode ser considerado um filler da série.
Nota: 2.5/5

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.