Oito séries novas que prometem agitar a TV americana

O fim do verão americano (e fim do nosso inverno) marca o início das novas temporadas de séries de TV, além das estreias de novas séries. Diversos críticos americanos já assistiram o primeiro episódios das novas séries e já adiantam quais devem dar o que falar. Entre as oito citadas abaixo, elogiadas pelos críticos da BBC, apenas uma tem previsão de estreia no Brasil: Scream Queens, dia 23 de setembro, na Fox.


Scream Queens (Fox)

Os criadores de Glee já foram capazes de nos mostrar que conseguem fazer coisas ótimas. E, novamente, Ryan Murphy, Brad Falchuk e Ian Brennan trabalharam juntos e criaram essa comédia de horror.

A história tem como protagonista Chanel Oberlin (Emma Roberts), líder de uma sociedade secreta de alunas de uma universidade. Ela é a suspeita de ter atacaso sua antecessora no cargo. Mas o número de mortes não para de crescer, então todas as meninas do grupo passam a tentar descobrir qual delas estaria por trás dos crimes. A série brinca com convenções do gênero e as subverte. PS: Estamos muito ansiosos por essa série!

Grandfathered (Fox)

Outra comédia da Fox com um nome conhecido: John Stamos. Ele interpreta um dono de restaurante, Jimmy, solteirão convicto. Os críticos pontuam o elenco afiado, com John Stamos genial em seu papel. A série trata sobre maturidade, família e expectativas.

Limitless (CBS)

Com esse nome, você deve ter lembrado do filme de 2011, Sem Limites. E a série é baseada no filme. Ela conta a história do músico Brian Finch (Jack McDorman) quando ele começa a tomar a droga estimulante NZT. Ele usa a droga com o objetivo de utilizar todo o potencial de seu cérebro.

O amigo que lhe deu a substância aparece morto e ele se torna o principal suspeito, então sai em busca do verdadeiro assassino. Bradley Cooper, que está no filme, deve aparecer por toda a primeira temporada.

Blindspot (NBC)

O início já mostra a força da série: Uma mulher com amnésia e corpo coberto de tatuagens recentes é encontrada em um saco em Nova York, no meio da Times Square. Quer mais? Suas tatuagens parecem prever uma série de crimes futuros. A atriz e protagonista Jaimie Alexander recebeu elogios. Os críticos afirmaram que o primeiro episódio não entrega muito, mas aguça a nossa curiosidade e dá vontade de assistir mais.

Crazy Ex-Girlfriend (The CW)

Nessa comédia musical, vemos Rebecca Bunch (Rachel Bloom), uma ambiciosa e neurótica advogada de Manhattan. No meio de um ataque de pânico, ela encontra um ex-namorado de adolescência e resolve abandonar seu emprego e ir com ele para o interior da Califórnia. A atriz recebeu elogios e a série foi avaliada como excêntrica.


Code Black (CBS)

A série foi baseada em documentário de mesmo nome. A série é um drama médico que tem lugar no pronto-socorro mais movimento dos Estados Unidos. Nesse pronto-socorro, geralmente as necessidades dos pacientes são maiores do que os recursos disponíveis. Gostava de Plantão Médico (E.R.)? Então grandes chances de também gostar dessa série.

Os Muppets (ABC)

Nada de The Muppet Show; essa série é mais algo como 30 Rock. A turma de Caco e Miss Piggy trabalham em uma espécie de talk show e a série tem linguagem parecida com The Office. A série deve agradar mais os adultos do que as crianças.

Supergirl (CBS)

Lembra de Melissa Benoist em Glee? Adora ela virou personagem de quadrinhos, baseada na personagem da DC Comics. Ela é a prima do Super-Homem, Kara Zor-El, e tem poderes parecidos com os dele. Os críticos da BBC afirmam que a série traz uma perspectiva feminista da história e que Benoist traz uma atuação cativante.

Qual série deixou vocês mais ansiosos?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.