The Walking Dead: Nove grandes anti-heróis

The Walking Dead: Nove grandes anti-heróis

The Walking Dead é uma série conhecida por mesclar os limites entre o bem e o mal, o certo e o errado. É como se os espectadortes tivessem que navegar através de um labirinto moral a fim de se encontrar.


Devido ao fato de a situação que vivem ser tão inacreditável, não é de se admirar se de vez em quando um personagem toma uma atitude meio condenável. A maioria deles prefere ir com a onda, passar despercebido; mastem uns outros que preferem chamar a responsabilidade para si mesmos, e fazendo coisas que nos parecem horríveis, irritantes, mas que no fundo são atos de heróis incompreendidos.  

Em homenagem a eles, aqui estão nove grandes anti-heróis.

Carl           

Alguns espectadores adorariam trocar o nome da série para ‘Todo mundo odeia Carl’. É óbvio que esse garoto sabe ser irritante muitas vezes, mas é preciso lembrar que ele não passa de uma criança num mundo infestado de zumbis. Ele está numa idade difícil em que consegue se lembrar da felicidade do velho mundo, mas nunca mais conseguirá viver nele. Ele tem crescido e está aprendendo a lidar com os problemas quando seu pai não consegue.      

AMC

Dr. Edwin Jenner     

Parece que faz um tempão que a história dele terminou. Esse doutor tinha grandes esperanças sobre encontrar uma cura No final das contas, o Dr. Jenner queria proporcionar a todos uma morte calma e instantânea em lugar de enfrentar os horrores. Não adiantou, tudo que os espectadores acharam do personagem é que ele é um lunático.

AMC

Eugene       

Esse cara na verdade veio mudando ao longo da série, virando um sujeito bom. No começo ele não passava de um mentiroso, com uma missão secreta escusa e um péssimo corte de cabelo.
AMC

Andrea     

Essa é uma personagem que os espectadores achavam ser um pouco mais do que apenas irritante nas primeiras temporadas. Assim como Carl, ela também tinha dificuldades em se adaptar ao novo mundo. Ela foi treinada para ser uma atiradora e serivu ao seu propósito dentro do grupo. No final das contas, Andrea acabou morrendo uma grande heroína.
AMC

Merle      

Esse era um personagem muito interessante, mesmo que sua morte já pareça ter acontedio há milênios. Ele começou como um racista com um gosto especial por matar e por criar confusão. Ao longo dos episódios ele foi se tornando menos intragável e buscou bastante o perdão do grupo. Sua morte aconteceu como tantas outras, numa missão heroica que basicamente abria mão de sua vida em sacríficio pelos outros do grupo.
AMC

Daryl      


Daryl segue um caminho de redenção bastante parecido com o do seu irmão, embora ele nunca tenha sido tão odiado quanto pelo grupo. Seu estilo de personagem é um solitário de uma família destruída e desde então ele passou a simplesmente seguir Merle e presenciar a vida dele se destruir. No começo da série ele é distante, calado, quieto e taciturno, embora sempre tenha se mostrado disposto a arriscar sua vida pelos outros. 

Mesmo permanecendo com algumas de suas características principais, ele se tornou um personagem muito mais crucial parao grupo, e com uma ampla base de fãs.
AMC

Shane      

Ele é um dos anti-heróis mais proeminentes da série. Quando a gente olha para trás, percebe que ele foi um dos primeiros a se adaptar ao novo mundo. O seu sacríficio sem piedade de Otis foi um dosseus momentos mais sombrios, mas coisas como dormir com Lori e cuidar de Carl pareciam coisas planjedas para cuidar do seu melhor amigo depois de sua morte. Como a gente sabe, Rick não morreu, certo? Shane provavelmente foi longe demais em suas atitudes; mesmo assim, isso não quer dizer que elas não tenham sido feitas a partir da mesma motivação de todos os outros: a de sobreviver. 
AMC

Rick    

Quer queira ou não, Rick é o líder do grupo e apenas sua morte vai mudar esse fato. Há uma pressão imensa sobre ele para tomar decisões duras a fim de proteger o grupo, em especial as crianças. A cena final da quinta temporada mostrando ele excutando Pete mostra o tipo de anti-herói que ele é; um momento de frieza e ousadia que ainda assim foi feito para a proteção do grupo como um todo. 
AMC

Carol       

O maior anti-herói da série é Carol. Todos adoram Rick, enquanto Carol teve as atitudes mais questionáveis de todo o grupo. Primeiro ela queimou Karen e David para se certificar de que o vírus não se espalharia pelo grupo. Também atirou najovem Lizzie a fim de proteger Judith.            
Carol não tem pudores, disposta a fazer qualquer coisa que seja para manter o grupo seguro, ela se envolve nas ações mais condenáveis possíveis. É a grande anti-heroína de The Walking Dead.
AMC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.