Cinco fatos que você provavelmente não sabe sobre Iggy Azalea

Iggy Azalea é um livro aberto com seus fãs, sempre compartilhando coisas sobre sua vida nas redes sociais. Mesmo assim, algumas coisas não são tão conhecidas assim. Veja abaixo cinco fatos que você provavelmente não sabe sobre Iggy.

Ela diz que é uma “psicopata completa” sobre sua música

O pai de Azalea era um artista visual, então ela viveu cercada de ideias sobre como melhorar na arte e torná-la melhor do que originalmente era. Crescendo num ambiente como esse, Azalea afirma que é uma “psicopata completa” sobre sua música.

Iggy adora ler

Iggy é uma grande fã da série de livros de Roald Dahl. Sua história favorita era “Matilda”. “Eu gostei da história. Talvez porque ele sempre foi um pouco sombrios em seus tons. Ele era realmente interessante e tinha personagens adoráveis, e não bregas,” já disse uma vez.

Primeiro beijo aos 13 anos

“Era um garoto que morava na mesma rua que eu,” diss ela. “Eu acho que eu queria beijá-lo mais do que ele queria me beijar. Eu tinha uma grande paixão por ele”.

Primeiro emprego foi como caixa de supermercado

O pior emprego da cantora foi como caixa de supermercado aos 14 anos. “Você tem que ficar em pé durante todo o dia. Quando você é uma caixa de supermercado, tem que trabalhar por horas e horas a fio. Você não tem permissão para se sentar e eu tinha que usar sapatos de couro, que eram realmente desconfortáveis e não tinha nenhum apoio”.
“Eu ganhava 7 dólares por hora e na Austrália tudo era caro. Um sanduíche era 7 dólares, então você pensava ‘Eu só fiquei aqui em pé por uma hora, e o trabalho foi inútil porque eu comprei meu almoço. Eu odeio esse trabalho'”.

Ela é viciada na Pizza do Papa John’s

“Eu como a pizza do Papa John’s tipo umas cinco vezes por semana. Sem brincadeira”, já comentou em uma entrevista. “Ele não tenta ser algo que não é. Tipo a Domino’s que tenta ser chique com ervas no recheio, forçando muito. Ela está tentando te enganar a pensar que ela é algo que não é.”
“Eu não peço pizza para comer isso. Se eu quero uma pizza gourmet, vou a um lugar que venda isso. Eu vou ao Papa John’s porque eu quero pizza e quero aquela massa e quero uma tonelada de queijo. Papa John’s está bom sendo isso para mim,” brincou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.