Nada de referências literárias e filosóficas na segunda temporada de True Detective

O autor da série ‘True Detective’, Nic Pizzolato, afirmou num email ao Wall Street Journal que a segunda temporada da série não vai ser repleta de referências literárias e filosóficas. 
Portanto, se você, como eu, adorou a presença de conceitos como o eterno retorno de Nietzsche, ou se deleitou ao descobrir ideias filosóficas antinatalistas de autores como Thomas Ligotti, pode ir tirando o cavalinho da chuva.
Ao que tudo indica, a temporada vai se focar num crime que, ao ser investigado, descortinará uma grande rede de intriga. Algo ao estilo ‘The Killing’ talvez?
Será que o autor ficou calejado com as acusações de plágio que pulularam na primeira temporada?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.