Morre a atriz Bibi Andersson, musa de Ingmar Bergman

Neste domingo (14), a atriz sueca Bibi Andersson, que atuou em vários filmes de Ingmar Bergman, faleceu. A mídia sueca confirmou a notícia pela diretora Christina Olofson, amiga de longa data da atriz.




Bergman descobriu a atriz enquanto dirigia um comercial de sabão em 1951. Quatro anos depois, a escalou para uma cena única em Sorriso de Uma Noite de Amor. Em seguida, Bibi Andersson apareceu em treze filmes do diretor, entre as décadas de 1950 e 1980.

Em 1958, Andersson ganhou o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Cannes, por No Limiar da Vida. Em 1962, ganhou prêmio de Melhor Atriz no Festival de Berlim por A Amante Sueca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *